TCC como montar?

Início
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
SUMÁRIO
    Add a header to begin generating the table of contents

    Download Gratuito... 12 Dicas Essenciais

    17343

    Grátis! Como Fazer seu TCC do ZERO

    Neste artigo, buscaremos apresentar a estrutura do TCC e a responder a pergunta mais frequente entre os alunos: TCC como montar?

    Realmente, se você possui esta pergunta, você vê o TCC como um quebra-cabeças a ser montado por meio dos diversos argumentos que você levanta em sua pesquisa bibliográfica.

    Assim, de uma forma direta e rápida, falaremos como montar o seu TCC, fornecendo a estrutura de um TCC conforme as normas da ABNT.

    Vídeo: TCC como montar?

    Estrutura de um TCC

    Neste tópico, discorreremos acerca da estrutura completa de seu TCC, apresentando cada uma das partes na ordem de apresentação.

    Além disso, falaremos, brevemente, o que significa cada uma das partes para que você não tenha dúvidas.

    Assim, em nosso artigo, dividiremos em 3 partes: elementos pré-textuaiselementos textuais e elementos pós-textuais, sendo esta a ordem de apresentação no TCC.

    mapa mental de como montar o tcc

    Parte 1 - Estrutura do TCC: Elementos Pré-textuais

    Os elementos pré-textuais, conforme a classificação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), são aquelas partes que integram os trabalhos acadêmicos e possuem duas funções:

    • Identificar os dados essenciais da monografia;
    • Apresentar a pesquisa realizada antes da exposição argumentativa.

    Assim, para saber como montar o TCC, iniciaremos a nossa exposição com os elementos pré-textuais que poderão ser obrigatórios ou facultativos.

    Antes de falarmos acerca de cada um deles, é importante arrolarmos estes elementos na ordem de apresentação em seu TCC: capa (elemento externo), lombada (elemento externo), folha de rosto (elemento pré-textual), folha de aprovação (elemento pré-textual), dedicatória (elemento pré-textual), agradecimento (elemento pré-textual), epígrafe (elemento pré-textual), resumo (elemento pré-textual), lista de ilustrações (elemento pré-textual), lista de abreviaturas e siglas (elemento pré-textual), lista de tabelas (elemento pré-textual), listas de símbolos (elementos pré-textuais) e sumário (elemento pré-textual).

    1. CAPA

    Elemento externo obrigatório que deve conter dados identificadores do trabalho acadêmico, como: nome do autor ou da autora (em letras maiúsculas), título do trabalho e subtítulo (se houver) no centro, na parte inferior da capa, consta o nome da cidade e o ano de entrega do TCC.

    2. LOMBADA

    Elemento externo opcional que se insere na lateral do trabalho acadêmico, permitindo melhor identificação do trabalho acadêmico por quem o procurar em uma prateleira de biblioteca, por exemplo.

    lombada de seu TCC deve conter as seguintes informações: título, subtítulo (se houver) e data.

    3. FOLHA DE ROSTO

    folha de rosto é elemento pré-textual obrigatório que contem as seguintes informações do TCC: nome do autor ou da autora; título; subtítulo (se houver); natureza do trabalho: tipo de trabalho (TCC, dissertação de mestrado, tese de doutorado etc), objetivo (obter título de bacharel, de mestre, de doutor (a)), nome da instituição, nome do curso; cidade e ano da entrega do trabalho.

    Recomendamos que, ao montar seu TCC, deixe a folha de rosto para o final, pois a partir dela começará a contagem do sumário embora não aparecerá impressa a numeração.

    4. FOLHA DE APROVAÇÃO

    folha de aprovação é um elemento pré-textual obrigatório que deve conter as seguintes informações: data da aprovação, nome completo dos membros da banca examinadora e local para assinatura dos membros.

    Além disso, cumpre-se destacar que a folha de rosto, como estrutura do tcc obrigatória, em geral, é fornecido o modelo pela instituição de ensino superior (IES).

    Desse modo, certifique-se de que a IES onde você estuda não disponibiliza o modelo de folha de aprovação para você montar o TCC.

    5. Dedicatória

    Neste instante, falaremos da dedicatória que constitui um elemento pré-textual facultativo.

    Ademais, importante ressaltar que a dedicatória deve conter um texto curto em que o autor ou a autora visa a homenagear e dedicar seu TCC a alguém.

    Dessa maneira, após concluir a sua pesquisa, ao montar seu TCC, pense em uma pessoa especial a quem você desejaria dedicar o trabalho acadêmico.

    6. AGRADECIMENTOS

    Em seguida, verificamos outro elemento pré-textual facultativo: agradecimentos.

    Dessa maneira, deve-se ressaltar que os agradecimentos correspondem a um texto em que se apontam todos os indivíduos que contribuíram de alguma forma para a realização de seu TCC, por exemplo: amigos, orientador, docentes da sua IES etc.

    Ao montar seu TCC, busque escrever os agradecimentos, pois as pessoas indicadas sempre ficam muito contentes em verem seus nomes nesta homenagem.

    7. EPÍGRAFE

    Primeiramente, cumpre-se mencionar que a epígrafe é um elemento pré-textual facultativo.

    A epígrafe é uma frase de outro autor (a), ou uma estrofe de um poema, ou um trecho de uma música, que lhe inspirou para efetuar a sua pesquisa.

    Assim, é recomendável existir uma conexão com o tema de sua pesquisa.

    8. Resumo/ abstract

    O resumo é um elemento pré-textual obrigatório, sendo fundamental para os seus leitores compreenderem os resultados de sua pesquisa.

    Assim, o resumo configura-se como uma síntese do que foi pesquisa, contendo os seguintes elementos: apresentação do tema e da 0delimitação do tema, apontamento do problema-chave, indicação dos métodos empregados e relato dos resultados obtidos.

    A linguagem do resumo deve ser direta, clara e objetiva, evitando-se conectores e frases desnecessárias.

    Após elaborar o resumo, você o verterá em uma língua estrangeira. O resumo em inglês chama-se abstract e deve conter as mesmas informações do resumo em língua portuguesa.

    Ao final do resumo, deve- haver ao menos 3 palavras-chave que remetem aos assuntos centrais de seu TCC.

    Já as palavras-chave em inglês, chamam-se de keywords e devem ser inseridas ao final do abstract.

    Por fim, ao montar o TCC< lembre-se de que o resumo e o abstract, juntamente, com as palavras-chave devem ocupar no máximo uma página.

    9. Listas

    No que concerne às listas, são elementos pré-textuais facultativos, sendo necessário o emprego quando houver mais de um elemento apresentado no TCC que deve ser listado.

    Dessa maneira, a ordem de apresentação das listas é:

    1) Lista de ilustrações (figuras, quadros, gráficos etc);

    2) Lista de tabelas;

    3) Lista de abreviaturas e siglas;

    4) Lista de Símbolos.

    Neste sentido, importante asseverar que as listas permitem uma melhor identificação de figuras, tabelas, siglas etc empregadas no desenvolvimento do TCC.

    Consequentemente, os elementos listados devem ser ordenados na lista conforme a ordem de apresentação.

    10. Sumário

    Em relação ao sumário, deve-se afirmar que é um elemento pré-textual obrigatório importante.

    No sumário, há os itens do desenvolvimento: capítulos, sub-capítulos, itens e subitens e as respectivas páginas em que estão inseridos mencionados itens.

    Em suma, no sumário, devem estar todas as divisões do trabalho e suas respectivas páginas de início. Assim, o sumário deve ser a última parte de sua montagem do TCC, já que é necessária a consolidação da numeração das páginas.

    Parte 2 - Estrutura do TCC: Elementos Textuais

    Os elementos textuais são todos obrigatórios e constituem a parte mais densa de seu TCC.

    Além disso, você se dedicará a maior parte do tempo desenvolvendo os elementos textuais.

    Diante do exposto, cumpre-se mencionar que os elementos textuais são 3: introdução, desenvolvimento e conclusão.

    A seguir, veremos, brevemente, cada um dos itens integrantes da estrutura do TCC.

    1. Introdução

    Em um primeiro instante, cumpre-se salientar que a introdução é um elemento textual obrigatório.

    Além disso, deve-se notar que a introdução é uma das partes mais importantes de seu TCC, já que ela apresentará toda a sua pesquisa.

    Ao montar a introdução de seu TCC, lembre-se de apresentar as seguintes informações:

    • Apresentação do tema e sua delimitação;
    • Descrição breve do referencial teórico adotado;
    • Problema-chave do TCC;
    • Questões-chave enfrentadas;
    • Hipótese de pesquisa;
    • Breve descrição dos capítulos de seu TCC e explicação de como se conectam;
    • Metodologia e Métodos empregados;
    • Resultados encontrados.

    Diante do exposto, após desenvolver todos os capítulos de seu TCC, dedique um dia para elaborar a sua introdução.

    Ao montar o seu TCC, lembre-se de redigir a introdução quando encerrar o desenvolvimento de sua pesquisa.

    2. desenvolvimento

    Já o desenvolvimento do TCC é o núcleo central de sua pesquisa. Ele é um elemento textual obrigatório e relevante para a avaliação de seu trabalho acadêmico.

    O desenvolvimento é formado por todos os capítulos e seções de seu TCC.

    3. Conclusão

    Finalmente, a conclusão é o último elemento textual obrigatório na montagem de seu TCC.

    A conclusão corresponde a uma das partes mais importantes da estrutura do TCC, já que deve apontar os resultados obtidos por meio dos métodos selecionados.

    Além disso, Não se esqueça de que, na conclusão, deve-se fornecer uma perspectiva acerca dos desdobramentos futuros da pesquisa científica no que tange ao tema de seu TCC.

    Parte 3 - Estrutura do TCC: Elementos Pós-Textuais

    Os elementos pós-textuais são inseridos ao final de sua estrutura do TCC. Assim, quando se indaga: TCC como montar? Deve-se ressaltar que os elementos pós-textuais são inseridos ao final, após a conclusão da monografia.

    Os elementos pós-textuais são 5 e devem ser apresentados na seguinte ordem ao montar o TCC: referências bibliográficas, glossário, apêndice, anexo e índice.

    Assim, veremos cada um destes elementos pós-textuais a seguir.

    1. Referências bibliográficas

    No que tange às referências bibliográficas, pode-se afirmar que constituem um elemento pós-textual obrigatório.

    As referências bibliográficas são disciplinadas pela NBR 6023/2018 (Norma da ABNT), sendo que corresponde a uma lista, ordenada em ordem alfabética, de todos os documentos citados direta ou indiretamente no TCC.

    Por fim, deve-se ressaltar que se deve inserir nas referências bibliográficas todas as obras citadas no desenvolvimento do TCC, sendo desnecessário o apontamento de dicionários consultados caso não sejam específicos da área da pesquisa.

    2. Glossário

    Já o glossário é um elemento pós-textual facultativo, devendo ser empregado ao existir palavras e expressões que possuem um uso limitado ou são obscuras quanto ao sentido.

    Desse modo, o glossário é empregado para fornecer as definições das palavras e expressões utilizadas no TCC que poderão causar confusão quanto à compreensão.

    3. Apêndice

    No que diz respeito ao apêndice, deve-se salientar que também é um elemento pós-textual facultativo.

    Dessa forma, o apêndice é utilizado quando você deseja complementar a sua argumentação, mas para não romper a lógica do texto, resolve apartar determinadas discussões do desenvolvimento do texto.

    Em suma, nota-se que o apêndice é empregado para que você não torne confusa a sua argumentação; porém, não corra o risco, simultaneamente, de tornar superficial o debate.

    4. Anexo

    Diante do exposto, deve-se mencionar que o anexo também é elemento pós-textual facultativo.

    anexo também é empregado para fortalecer a fundamentação de seu texto, mas, para não prejudicar a concatenação lógica dos argumentos, são inseridas as informações complementares ao final.

    Diferentemente do apêndice, o anexo consiste em documentos de terceiros que são inseridos ao final. Dessa maneira, trechos extensos de obras de outros autores; convenções internacionais; resoluções normativas; julgados de tribunais etc são exemplos de textos que podem ser apontados no anexo.

    5. Índice

    Tendo em vista o que fora acima articulado, deve-se apontar que o índice é o último elemento pós-textual e é facultativo.

    Conforme a NBR 6034 (norma da ABNT), o índice é uma enumeração em que há o detalhamento de um dos critérios a seguir: assuntos, nomes, nomes de locais, datas, acontecimentos etc, com a respectiva indicação da página em que se encontram no desenvolvimento do TCC.

    Por conseguinte, pode-se observar que o índice é uma enumeração mais detalhada do que o sumário que consiste em uma enumeração das principais divisões dos trabalhos acadêmicos.

    Em suma, ao montar seu TCC, o índice deve ser inserido ao final.

    ERRATA: como montar?

    errata apenas surgirá se, após a impressão, você detectar erros em seu TCC.

    Assim, apesar da errata ser um elemento pré-textual facultativo, decidimos colocá-la ao final, pois ela apenas será necessária após o encerramento da montagem de seu TCC e a sua impressão.

    errata, caso seja necessária, deverá ser inserida, em uma filha avulsa, após a folha de rosto.

    Diante do exposto, se você deseja responder a pergunta: TCC como montar? Você deve se lembrar de que a errata apenas será necessária se forem identificados erros após a impressão da monografia.

    Finalmente, cumpre-se mencionar que a errata deve indicar a página em que se encontra o erro, a linha onde está a informação incorreta, como é lido o erro e como deve ser lido. Consequentemente, lembre-se de que o uso da errata pode ser evitado caso você revise o seu TCC antes de imprimi-lo.

    Conclusão

    Ao se montar um TCC, você deve se lembrar da estrutura do TCC: elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais.

    De acordo com as normas da ABNT, existe uma ordem lógica de apresentação de cada um destes elementos do trabalho acadêmico e você deve seguí-la.

    Por fim, não se esqueça de que você deve começar com os elementos textuais para depois montar os elementos pós-textuais e pré-textuais. E, deixe o sumário sempre como última parte da montagem, já que a numeração da página deve estar consolidada para poder elaborar o sumário do TCC. 

    Esse é o caminho para responder a sua pergunta inicial: TCC como montar?

    Esperamos que tenha gostado de nosso artigo. Caso ele tenha sido útil, comente e compartilhe, pois, para nós da Monografia Perfeita, é muito importante saber a sua opinião e divulgar o conhecimento para os estudantes universitários.

    Download Gratuito... 12 Dicas Essenciais

    17343

    Grátis! Como Fazer seu TCC do ZERO

    Autores

    Plataformas Monografia Perfeita & Meu Artigo Científico

    Prof. Dra. Cristina Godoy

    Dra. Cristina Godoy

    Prof. Dra. direito usp

    IMG_Rafael_meira_silva_transparente

    Dr. Rafael Meira

    Gestor Codex Data®

    Deixe um comentário

    Click to access the login or register cheese

    MÉTODO MONOGRAFIA PERFEITA®

    GANHE O E-BOOK GRATUITO SOBRE COMO ESCREVER SEU TCC

    EM 12 PASSOS

    Não, obrigado(a)

    Conteúdo Altamente Especial

    Acesse o Vídeo Agora...

    Você está a 1 passo do segredo...

    Rolar para cima